A Raça Angus


O Angus se destaca entre as raças bovinas, por reunir um maior número de características positivas, que lhe asseguram um excelente resultado econômico e financeiro como gado de corte, destacando-se principalmente:


Fertilidade e longevidade

A fertilidade do Angus proporciona aos seus criadores um maior rendimento, tanto pelo número de bezerros nascidos, quanto pela quantidade de quilos obtidos por hectare. A longevidade, associada à fertilidade, representa um maior número de crias produzidas.


Precocidade

O Angus tem demonstrado, que nas mesmas condições alimentares de outras raças, atinge mais cedo a puberdade e o estado de abate, atendendo uma necessidade mercadológica e apresentando um retorno mais rápido.


Rusticidade

O Angus tem grande facilidade de adaptação as diferentes condições ambientais, de clima e vegetação, mantendo suas características inalteradas.


Facilidade de parto

Aliada a sua grande habilidade materna, a vaca Angus gera terneiros de porte médio, não muito pesado ao nascer, o que reduz o desgaste na parição e abrevia a recuperação pós-parto, favorecendo a repetição de cria e diminuindo o intervalo entre partos.


Qualidade da carne

O Angus produz uma carne de excelente qualidade reconhecida pelas autoridades do setor e consumidores, atendendo as exigências e requisitos dos mercados interno e externo. Sua carne apresenta de 3 a 6 mm de gordura.